Share Voto Rápido

Poll link

500 px
350 px
250 px
Pré-visualizar

- Pré-visualizar

Largura - Altura em pixeis - pixeis

Fechar pré-visualização
! Está a usar um navegador que não é compatível A sua versão do navegador não está otimizada para a Toluna, recomendamos que instale a versão mais recente Atualizar
A nossa Política de Privacidade rege a sua participação no nosso Painel de Influenciadores, que você pode acessar aqui. O nosso website usa cookies. Como no mundo offline, cookies tornam qualquer situação melhor. Para aprender mais sobre os cookies que são usados no nosso website, verifique a nossa Política de Cookies.

anaantonio

  2 meses atrás

Somos o que comemos ou comemos o que somos?

O programa "Fronteiras XXI" ontem foi sobre alimentação.
Muito interessante.
Aprendi bastante sobre a alimentação que faço, etc...

No entanto, também bastante interessante, foi a "novidade" de que a taxa de mortalidade não é maior na alimentação deficitária (fome), mas muito significativa na alimentação em excesso e mal confecionada.

Falamos e recordamos quase sempre os que "morrem de fome", mas devíamos recordar mais os que "morrem de excesso de comida".

Será que somos o que comemos?

Ou será que comemos o que somos?
Responder
Comente

penedo.fmg

  2 meses atrás
Seremos sempre o que comemos, desde que a genėtica o permita..... Responder
0 comentários

afradinho

  2 meses atrás
Penso que somos o que comemos. Mas deverá haver em nós uma predisposição para ser mais S ou XL. Cá em casa é tudo grande. Mas nem todos comem corretamente e o resultado não se faz esperar. Responder
0 comentários

pipjul

  2 meses atrás
Eu vi esse programa por alto, vou ter que ver com atenção agora, porque me pareceu muito interessante. Por acaso já sabia que morre mais gente por "excesso" e má alimentação do que por falta de comida, o que é algo que nos faz (e deve fazer) pensar... Os números da obesidade, as mortes por problemas cardíacos (muito relacionadas com a alimentação) também são chocantes. Por isso é urgente mudarmos a nossa alimentação, sermos mais responsáveis. E terminando, acho que tanto somos o que comemos, como comemos o que somos, em sentido figurativo e literal, porque consumimos antibióticos e pesticidas e tudo o que está na comida e passa a ser integrante no nosso organismo. No sentido figurativo, a comida também é algo cultural e às vezes até uma questão de status. Responder
0 comentários

Copiado para a área de transferência

Está quase lá

Para poder criar conteúdo na comunidade

Verifique seu e-mail / reenviar
Não, obrigado! Estou apenas de passagem

OK
Cancelar
Desactivamos a funcionalidade de login com Facebook. Por favor, digite o e-mail associado ao seu Facebook para receber um link de criação de palavra-passe.
Por favor, insira dados válidos para Email
Cancelar
A processar...
Quando coloca uma imagem, o nosso site fica melhor.
Carregar