Share Voto Rápido

Poll link

500 px
350 px
250 px
Pré-visualizar

- Pré-visualizar

Largura - Altura em pixeis - pixeis

Fechar pré-visualização
! Está a usar um navegador que não é compatível A sua versão do navegador não está otimizada para a Toluna, recomendamos que instale a versão mais recente Atualizar
A nossa Política de Privacidade rege a sua participação no nosso Painel de Influenciadores, que você pode acessar aqui. O nosso website usa cookies. Como no mundo offline, cookies tornam qualquer situação melhor. Para aprender mais sobre os cookies que são usados no nosso website, verifique a nossa Política de Cookies.

MCG73

  2 meses atrás

Afinal a pílula contracetiva engorda ou não engorda?

Embora existam várias alternativas, a pílula continua a ser o método mais usado, mas também o mais controverso.

Em Portugal, 60 % da mulheres usam a pílula para evitar a gravidez, no entanto, há quem diga que ela é responsável pelo aumento de peso.

Antes de esclarecer a situação, é importante ressalvar que a primeira pílula contracetiva foi comercializada na Europa, em 1961 e era composta por 50 microgramas de etinisestradiol e 4 miligramas de acetato de norestisterona.

A introdução desse método constituiu um marco na história da contraceção, permitindo que mulher pudesse ter uma vida sexual satisfatória e segura, tendo assim a capacidade de decidir acerca da sua vida reprodutiva.

A pílula também chegou a Portugal, em 1961, e em 1967 foi fundada a Associação para o Planeamento da Família. Mais tarde, em 1976, foi institucionalizada a existência de consultas de planeamento familiar nos serviços de saúde.

Com em tudo, ao longo dos anos, também os contracetivos hormonais sofreram evolução, sendo cada vez mais seguros e fiáveis e com menos efeitos secundários e/ou colaterais.

Hoje em dia, existem vários tipos de pílula mas a mais utilizada é a feita de estrogénio e progesterona, inibindo a ovulação.

Mas afinal, engorda ou não engorda?

Segundo o ginecologista Fernando Guerreiro, não há um método ideal e "o método contracetivo mais associado ao aumento de peso é a contraceção progestativa injetável, sobretudo no subgrupo das adolescentes com índice de massa corporal superior ao normal. O Implante sub-dérmico só com progestativo também pode em algumas mulheres provocar um ligeiro aumento de peso".

Já a pílula é tomada via oral e o médico garante que que não passa de um mito o que se diz sobre ela engordar. "Não é a ação isolada da pílula que pode provocar um aumento de peso mas, sim, um conjunto de situações".

"Está bem demonstrado que as alterações do estilo de vida (influência da dieta e exercício físico) são bem mais preponderantes no peso corporal do que efetivamente a contraceção hormonal (pílula)."

Além do aumento peso, também se diz que a pílula faz crescer mais pelos e que aumenta o tamanho do peito e de facto estas consequências eram reais, há muitos anos, numa altura em que a pílula tinha dosagens hormonais maiores.

Sabias disto?
Responder
Comente

R7390612s

  2 meses atrás
A questão do peso é a menor das preocupações com a pílula. Para além dos vários efeitos secundários ela é contra-indicada numa série de casos conforme o historial clínico de cada uma... Responder
0 comentários

susanavieira745

  2 meses atrás
Sim Responder
0 comentários

A2424139e

  2 meses atrás
Nao Responder
0 comentários

penedo.fmg

  2 meses atrás
Sou super anti medicamentos sejam eles para o que for e a pilula não é exceção....durante a minha vida tomei muito pouco tempo este medicamento, pois tinha 25 anos quando descobri que tinha quistos no peito e foi me aconselhado pelo médico que me acompanhava no IPO o nunca mas nunca tomar qualquer tipo de pilula e assim o fiz ...hoje com 42 anos posso afirmar que há quase 20 que tenho o meu corpo limpo dos efeitos nefastos destes medicamentos...que para muitos podem ser considerados um mal necessário...mas se conseguirmos perceber o nosso corpo e saber quando estamos ou não no período fértil, são e falo por mim, completamente desnecessários... Responder
0 comentários

A9198768x

  2 meses atrás
Eu acho que não Responder
0 comentários

tmpf69

  2 meses atrás
nao Responder
0 comentários

É3711171h

  2 meses atrás
Ouve-se tanta coisa que acabamos por não saber o que é verdade. Uma vez que a pílula mexe com as hormonas acredito que possam ocorrer mudanças a nivel do peso entre outros, porém existem outros factores que podem influenciar isso. Responder
0 comentários

jorpreto

  2 meses atrás
...vai falar um homem, portanto tenho aqui que escolher bem as palavras. Embora seja o método mais usado, sofre também das informações que nos são fornecidas pelos lobies dos laboratórios de medicamentos. Não sou a favor deste método (compreendo no entanto muito bem as razões de quem o usa), e direi aqui que mexer com as hormonas humanas é talvez a pior barbaridade que se faz aos humanos (incluo aqui também os machos). São as hormonas e a sua produção regrada (corporalmente) que controlam todas as nossas actividades diferenciadas de sexo e não só. Alterar o seu nível cíclico ao sabor de um qualquer medicamento que a ciência diz ser inofensivo não é natural e na minha opinião de leigo tem consequências, não só para quem as toma (o ligeiro aumento de massa corporal é inofensivo), alterando repetidamente humores nos intervenientes directos, mas também alterando a sua produção no corpo, pois este tenta sempre contrabalançar um elemento químico que circula na corrente sanguínea. O aumento de tumores em vários órgãos relacionados com a reprodução está já bem estudado se bem que camuflado. E agora que se fala tanto em ambiente, pensem comigo na quantidade de hormonas que estão a ser descarregadas nos rios e mares, pois a eliminação e feita maioritariamente na urina que não é recuperada ou alterada nas estações de tratamento... vão por certo entrar no circuito alimentar da cadeia animal... É possivelmente um mal necessário? No meu lar sempre pugnei por alternativas democraticamente aceites pelo casal é claro, pesados os conselhos dos médicos especialistas... Responder
0 comentários

Acermode

  2 meses atrás
Sim engorda Responder
0 comentários

fflorr

  2 meses atrás
sim, por fazer retenção de liquidos Responder
0 comentários
Copiado para a área de transferência

Está quase lá

Para poder criar conteúdo na comunidade

Verifique seu e-mail / reenviar
Não, obrigado! Estou apenas de passagem

OK
Cancelar
Desactivamos a funcionalidade de login com Facebook. Por favor, digite o e-mail associado ao seu Facebook para receber um link de criação de palavra-passe.
Por favor, insira dados válidos para Email
Cancelar
A processar...
Quando coloca uma imagem, o nosso site fica melhor.
Carregar