Share Voto Rápido

Poll link

500 px
350 px
250 px
Pré-visualizar

- Pré-visualizar

Largura - Altura em pixeis - pixeis

Fechar pré-visualização
! Está a usar um navegador que não é compatível A sua versão do navegador não está otimizada para a Toluna, recomendamos que instale a versão mais recente Atualizar
A nossa Política de Privacidade rege a sua participação no nosso Painel de Influenciadores, que você pode acessar aqui. O nosso website usa cookies. Como no mundo offline, cookies tornam qualquer situação melhor. Para aprender mais sobre os cookies que são usados no nosso website, verifique a nossa Política de Cookies.

TolunaPortugal

  18 dias atrás

Celebra-se a Transgender Awareness Week

Os membros da comunidade transgénero reconhecem a semana de 12 de Novembro a 19 de Novembro como a semana para a sensibilização da realidade transgénero. Esta não é apenas uma oportunidade para comunicarem entre si, é também é uma excelente chance para educar o público em geral.

Ao longo da semana, pessoas não-conformistas e transgénero, participam em eventos, partilharam as suas histórias de vida e falaram sobre os problemas com que a comunidade se confronta diariamente.

Esta ideia surge em 1998, aquando do assassinato de Rita Hester, uma mulher transexual norte-americana que educava e lutava pela sensibilização para esta realidade na comunidade local. Este incidente foi um alerta de como o mundo ainda precisava urgentemente de se educar para este assunto.

Embora hoje em dia, transgéneros tenham ganho maior visibilidade, direitos e aceitação, ainda há um longo caminho para ser percorrido. Como um membro da comunidade transgénero declarou: "Ainda enfrentamos barreiras todos os dias. A discriminação é evidente na área da saúde, no local de trabalho, escola, restaurantes, casas-de-banho, aeroporto e na interações com as autoridades''.

"A comunidade transsexual está presente em todas as comunidades, em todos os bairros, trabalham em todos os sectores, e contribuem positivamente para a sociedade", afirmou. "E tudo isso se perde quando existe tanta negatividade em torno de quem somos enquanto pessoas".

Na sua opinião, estas pessoas ainda são alvo de preconceito? As pessoas deveriam ser mais abertas e ajudar estes indivíduos a se integrarem na sociedade? Se sim, o que sugere para que isto seja feito?

Partilhe os seus pensamentos

Influencie o seu mundo

TolunaPortugal
Responder
Comente

M2586949f

  13 dias atrás
Sou a favor de respeitar a decisão de CAD um. Responder
0 comentários

Willow_life

  17 dias atrás
Penso que ainda existe muito preconceito, acredito que estas pessoas enfrentem no seu dia a dia uma dura batalha para encontrar trabalho e fazer uma vida dita normal sem estarem a ser escortinados pela opinião alheia. É necessário mudar mentalidades e infelizmente isso é feito de uma forma gradual não se pode mudar de um momento para o outro, é preciso na minha perspectiva informar e esclarecer e batalhar através de acções de sensibilização para o facto de estas pessoas serem iguais a todas as outras. Responder
0 comentários

P1791CV11N

  17 dias atrás
A educação é a base que sustenta tudo. Quando se é educado de uma forma aberta e a aceitar a diferença tudo se torna normal e natural. Contudo também me parece que depois alguns grupos querem impor a sua diferença de uma forma austera e até violenta, o que faz com que o resto da população também tenha dificuldades na aceitação. Responder
0 comentários

d7446925s

  17 dias atrás
É uma aberração. Responder
0 comentários

J2172754d

  18 dias atrás
Penso que Quem é diferente é o apenas nas escolhas e apesar de sermos todos iguais, somos sobretudo iguais a nós mesmos e por isso devemos respeitar os outros e só depois exigir também respeito por parte de terceiros.... Responder
1 comentários

19600906

  18 dias atrás
Caro Toluna ! Não tenho uma opinião muito favorável, penso que tenho de refletir com bom senso. Obrigado. Responder
0 comentários

penedo.fmg

  18 dias atrás
Por muito que se fale, por muito que se tente ter ideias modernas sobre esta matéria...no fundo a maioria das pessoas são pura e simplesmente contra o que é diferente, contra o que viola as regras da "sociedade perfeita"
Quem é diferente é o apenas nas escolhas e apesar de sermos todos iguais, somos sobretudo iguais a nós mesmos e por isso devemos respeitar os outros e só depois exigir também respeito por parte de terceiros....
Cada vez mais se deve procurar educar desde cedo os jovens para esta temática...deve falar com eles abertamente, deve igualmente se convidar a sociedade em geral a assistir a debates sobre os transgéneros....
Todos devemos perceber que é na diversidade, que esta uma das nossas maiores riquezas.....
Responder
0 comentários

c.alexandra

  18 dias atrás
Claro que sim, ainda são alvo de preconceito. Basta ver que foram assassinados 22 durante este ano, como referiram no vídeo. Devemos aceitar e ajudar na integração, não julgar... Não somos mais que ninguém. Felizmente já parece começar a haver mais abertura da sociedade a estas questões complicadas, mas por outro lado também há muito preconceito. Responder
0 comentários

É3711171h

  18 dias atrás
Infelizmente ainda são alvo de discriminação, acho a ideia de sensibilização uma excelente ideia pois temos de reconhecer que existem pessoas diferentes no mundo, somos todos diferentes mas não menos humanos para merecer discriminação. Assim como outros problemas sociais têm ainda um longo caminho a percorrer, devemos começar por algum lado para tentar mudar o que não achamos correto. Sendo assim a sensibilização para certas situações, a integração de todos na sociedade é meio caminho andado para abrir por aí umas mentes. Responder
1 comentários

spascoalina

  18 dias atrás
Nao tenho uma sugestao melhor do que esta campanha de sensibilizacao. Penso que quem nao sente o preconceito negativo contra as pessoas que mudam de sexo devem ir dando o exemplo de cidadania.
Um dia no futuro vai ser comp!etamente indiferente ...mas para ja, está dificil para as minorias. Ha preconceito e ha quem nao os compreenda
Responder
1 comentários
Copiado para a área de transferência

Está quase lá

Para poder criar conteúdo na comunidade

Verifique seu e-mail / reenviar
Não, obrigado! Estou apenas de passagem

OK
Cancelar
Desactivamos a funcionalidade de login com Facebook. Por favor, digite o e-mail associado ao seu Facebook para receber um link de criação de palavra-passe.
Por favor, insira dados válidos para Email
Cancelar
A processar...
Quando coloca uma imagem, o nosso site fica melhor.
Carregar